A Catedral de Valência


Localizada em pleno coração da cidade de Valência encontra-se a Seu, também chamada formalmente como Catedral de Santa María de Valencia. Atualmente, esta é a sede do arcebispado de Valência.

A catedral atual foi concluída em 22 de junho de 1262 e foi edificada sobre as ruínas da primeira catedral de Valência, que datava do século VI, na época romano-visigoda. Não obstante, agora sobressai antes de mais nada a influência gótica, apesar de também se poderem apreciar os estilos barroco e renascentista.

No seu interior encontra-se o famosíssimo Santo Cálice, datado do século I, e dado à catedral pelo rei Afonso, o Magnânimo, em 1436. Um objeto de culto e veneração que atrai devotos e curiosos de todos os recantos do mundo. Para além disso, no interior, o visitante não encontrará apenas a antiga sala capitular, ou capela do Santo Cálice, o Cimborrio, obra mestre da arte gótica, mas também poderá deleitar-se com a Girola, de estilo gótico valenciano, o altar maior ou presbitério, decorado com pinturas renascentistas, e a nave principal e as laterais, de estilo gótico valenciano.

Do exterior destacam-se elementos singulares como são a porta oriental, a pequena capela de Sant Jordi, a arcada Obra Nova, a porta dos Apóstolos, o campanário denominado Micalet e a porta barroca de Los Hierros.

Para além disso, disseminadas pelas suas paredes, encontram-se algumas das primeiras e melhores pinturas do Quattrocento de toda a Península Ibéria, que chegaram de Roma através de artistas contratados por Alexandre VI.

Se desejar, pode estacionar o seu veículo perto da zona num dos nossos estacionamentos públicos Saba que se encontra na estação de Valencia Nord situado na Calle Xàtiva, n.º 24. É o nosso parque de estacionamento mais próximo do centro da cidade, que lhe permitirá desfrutar dos passeios em Valência.