Estádio de Riazor

O Estádio de Riazor é um dos pontos turísticos mais destacados d'A Corunha. Foi inaugurado em 1944 e é o recinto desportivo onde o Real Club Deportivo de A Corunha celebra os seus jogos locais.



Santiago Rey Pedreira desenhou o estádio para albergar 37 000 espetadores e 60 000 se se incluir a capacidade de pé. De facto, o campo tinha a capacidade de acolher metade da população d'A Corunha, que nos anos 50 rondava os 120 000 habitantes.

Atualmente é um espaço histórico que dá nome à zona onde se encontra: a Cidade Desportiva de Riazor (Ciudad Deportiva de Riazor). É possível chegar até ela através da Rúa Manuel Murguía ou através da sua rua paralela, a Avenida de la Habana.

A história contida nas suas quatro paredes converte o Estádio de Riazor num lugar inevitável se se visita a província galega. O primeiro encontro que se disputou no campo de futebol Riazor foi um jogo amigável entre Espanha e Portugal, em 6 de maio de 1945. Um ano depois foi palco da final da Copa del Rey, entre o Real Madrid e o RCD Espanyol, jogo que terminou com um 2 a 0.

Para além disso, o recinto encontra-se mesmo ao lado da Casa del Agua, um centro de relaxamento que conta com spa, ginásio e tratamentos de todo o tipo. Também, o Estádio pode ser uma paragem no trajeto para ir depois à praia de Riazor, que se encontra a poucos passos do recinto, descendo a Avenida de la Habana.

Para os adeptos do futebol, o Estádio de Riazor é uma visita crucial durante a sua estadia na cidade. Nos dias de jogos, é mais difícil encontrar parqueamento, mas a Saba dispõe de vários estacionamentos na zona onde pode deixar o carro sem qualquer problema.