Estádio Sanchez Pizjuan


O Estádio Ramón Sánchez-Pizjuán é o recinto desportivo que pertence ao Sevilla Fútbol Club. Localizado em pleno centro de Nervión, o estádio é um dos pontos de interesse cultural mais visitados pelos turistas. O recinto foi inaugurado em 7 de setembro de 1958, com um jogo amigável entre o Sevilla FC e o Real Jaén, embora o primeiro jogo oficial tenha sido entre o Sevilla FC e o Real Betis Balompié.

O estádio passou por duas grandes remodelações, a primeira em 1982, para o Mundial que se disputava em Espanha. Esta data deixou uma lembrança no recinto: um mosaico comemorativo situado na fachada principal do estádio. A segunda chegou em 1998 e pretendia cumprir uma nova regulamentação da UEFA que obrigava os estádios a ter a mesma capacidade de cadeiras e lotação. Por essa razão, um estádio que teve uma capacidade de 50 000 espetadores reduziu o seu número para 42 000.

Neste recinto desportivo jogaram-se eventos tão importantes como o Campeonato do Mundo de Futebol de 1982, um jogo disputado pelas seleções do Brasil e da URSS. Quatro anos mais tarde, chegou ao estádio o Campeonato Europeu com a final disputada entre Steaua de Bucareste e o FC Barcelona.

O estádio Ramón Sánchez-Pizjuán está aberto ao público e dispõe de um museu com uma exposição histórica e cultural sobre a equipa sevilhana. Pode visitar o recinto às sextas-feiras no horário de tarde ou aos sábados da parte da manhã e o preço compreende a visita guiada por todos os recantos do estádio, como bancada VIP, o palco presidencial e inclusive o túnel dos balneários, entre outras zonas.

O recinto encontra-se na Calle Sevilla Fútbol Club e pode aceder ao mesmo através da Calle Luis de Morales ou da Calle José Luis de Casso, Nervión. Para os dias de jogo, recomendamos-lhe que estacione o seu carro no parque de estacionamento Saba mais próximo, localizado na estação de Sevilha – Santa Justa, na Calle José Laguillo, s/n.